Política

Aliança entre MDB e Bolsonaro recoloca Renan Calheiros no protagonismo da política nacional

Por Berg Morais 

Aliança entre MDB e Bolsonaro recoloca Renan Calheiros no protagonismo da política nacional

A aliança entre o MDB e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está mais próxima de ser efetivada do que nunca. Com isso, o senador alagoano Renan Calheiros (MDB) pode sair do baixo clero e reconstruir seu caminho à presidência do Senado Federal. 

Calheiros foi o responsável por encaminhar um jantar de reconciliação entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM). O evento recolocou o senador alagoano no protagonismo da política nacional. 

O acordo que levará o MDB ao Planalto passa por Calheiros e pelo senador pelo Amazonas, Eduardo Braga. Nordeste e Norte foram duas regiões que não foram favoráveis para Jair Bolsonaro, em 2018, e podem ser a peça chave para a reeleição do presidente da República.

Há quem negue, mas a aliança fez brilhar os olhos de Bolsonaro – que ficará fortalecido – e de grandes caciques do MDB – que estão de olho nos vultuosos cargos que o Planalto pode oferecer.

Recentemente, Calheiros disse não ter interesse na reeleição ao senado. Porém, ele resiste à permanência de Davi Alcolumbre na presidência do Senado e defende uma candidatura própria do MDB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *