Eleições 2020

Carlos Geilson volta ao PSDB e revela mágoa com grupo de Rui Costa

Victor Pinto* e Henrique Brinco


Por: BNews

O deputado estadual Carlos Geilson deixou o Podemos e voltou ao PSDB. A informação foi divulgada no programa “Fato & Opinião”, da BNewsTV, e confirmada pelo próprio em entrevista exclusiva nesta sexta-feira (27), em Feira de Santana (BA). Ele foi derrotado no primeiro turno do município, que terá segundo turno entre os candidatos Zé Neto (PT) e Colbert Martins (MDB).

“Passado o primeiro turno, fui convidado para uma conversa com ACM Neto e lá encontrei o prefeito eleito Bruno Reis e o ex-prefeito Zé Ronaldo, que me fizeram um convite para voltar ao grupo e apoiar a reeleição do prefeito Colbert Martins”, declarou, para a reportagem.

“Gostei, me reencontrei com o pessoal. Tanto que no meu anúncio ao apoio a Colbert foi uma festa muito grande. Deixei as portas abertas e me reencontrei com a militância, com os amigos de outros carnavais”, completou.

Geilson ainda desabafou. Ele disse que apoia Colbert porque “não teve o carinho” ao ter ingressado no grupo do governador Rui Costa (PT). “Quando fui para o grupo do governo, ninguém me deu um abraço”, ressente-se, dizendo que foi recebido com festa no retorno ao antigo grupo.

Segundo o BNews apurou, o apoio de Geilson a Colbert também passou por um arranjo na AL-BA. O agora ex-Podemos ocupa a suplência do secretário de Saúde de Salvador, Leo Prates (PDT), e condicionou o apoio a permanência na cadeira do legislativo baiano.

Desde então, Zé Ronaldo vem trabalhando nos bastidores para garantir que Prates permaneça no Palácio Thomé de Souza na gestão do prefeito eleito Bruno Reis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *