Segurança

Em cinco meses, Maceió registra apenas um assalto a ônibus

Outubro não registrou ocorrências, segundo dados da Segurança Pública

Ascom SSP
Texto de Vanessa Siqueira

Quem circula de ônibus pela capital alagoana diariamente tem cada vez mais tranquilidade e menos receio de ser assaltado. O que comprova essa realidade são os dados de roubos a coletivo registrados pelo Núcleo de Estatística e Análise Criminal (NEAC), da Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas. O mês de outubro de 2020 terminou sem nenhuma ocorrência.

Ao longo do ano, os crimes contra os coletivos têm se tornado cada vez mais escassos. O total é de 39 assaltos entre janeiro e outubro, o que representa uma diminuição de 54% em comparação ao mesmo período do ano de 2019. No ano passado, o número registrado até outubro também foi baixo, um total de 86 ações criminosas.

Outro comparativo que chama a atenção é que em cinco meses, entre junho e outubro deste ano, apenas um assalto foi registrado no mês de setembro. Quando se compara os dados dos mesmos meses do ano passado, tem-se um total de 36 assaltos. No ano passado, o mês de junho registrou oito assaltos, em julho foram dez, em agosto apenas um, em setembro foram dez e, em outubro do ano passado, sete.

Para o secretário da Segurança Pública, Lima Júnior, os números representam uma mudança no cenário do transporte coletivo de Maceió. Ele relembra que a capital já chegou a registrar em um único ano mais de mil assaltos e está perto de terminar o ano com uma marca histórica, com menos de 50 assaltos em um ano.

Ele também reforça a importância da integração entre as polícias Civil e Militar, além da parceria com o sindicato dos Rodoviários e as empresas de ônibus, que têm papel fundamental neste resultado, já que eles atuam de forma colaborativa e participam ativamente da construção das estratégias postas em prática.

“Não é fácil chegar a um resultado destes, mas isto prova a capacidade técnica de nossas polícias, empenhadas em reduzir um dos crimes que atinge quem mais precisa do Estado. Parabenizo todas as unidades policiais envolvidas nas operações de abordagem aos coletivos, rondas e operações para prender aqueles que ainda insistem em praticar assaltos. Isso demonstra a força e a importância das políticas de integração que vêm sendo desempenhadas em Alagoas ao longo dos últimos anos”, completou. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *