Meio Ambiente

Instituto Biota captura peixe-boi de quase 3m de comprimento para análise e monitoramento

Foram quase 10h de ação conjunta e várias tentativas de colocar o animal na rede. Tinga, como foi batizado, passou por avaliação de saúde e recebeu um transmissor para monitorar seu deslocamento. Em seguida, ele foi solto no mesmo ambiente.

Por G1 AL

Uma ação conjunta coordenada pelo Instituto Biota capturou, nesta quarta-feira (13), no litoral sul de Alagoas, um peixe-boi para fazer o trabalho de avaliação e monitoramento do animal. Os trabalhos de buscas começaram ainda de madrugada e somente no final da tarde as equipes conseguiram finalizar o manejo.

Tinga, como foi batizado, tem aproximadamente 3m de comprimento e pesa mais de 400kg. Foram várias tentativas até que as equipes conseguiram colocá-lo na rede, depois de quase 10 horas de trabalho. Foi feita avaliação da saúde do peixe-boi e coletados dados biológicos e biométricos para pesquisas. Além disso foi colocado um transmissor com sinal via satélite para monitorá-lo durante seu deslocamento.

A ação foi realizada na foz do rio Poxim, em Coruripe. Após todos os procedimentos o animal foi devolvido no mesmo local onde foi encontrado, que é seu ambiente natural.

Participaram da ação, além do Instituto Biota, equipes do Centro de Mamíferos Aquáticos, APA Costa dos Corais e da Resex Marinha da Lagoa do Jequiá, pertencente ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *