Eleições 2020

Luciano Barbosa pode ser multado em R$ 100 mil

Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (11), o juiz da 22ª Zona Eleitoral, Rômulo Vasconcelos, instituiu um prazo de três horas para que Luciano Barbosa, vice-governador e candidato a prefeito de Arapiraca, suspendesse todas as atividades de sua campanha. Caso não cumpra o que foi determinado, Barbosa pode vir a pagar multa de R$ 100 mil, além de enfrentar “força pública do Estado para efetivar as medidas determinadas pela Corte Eleitoral de Alagoas”.

Além disso, o juiz também determinou um prazo de 12 horas para que as rádios que veiculam as propagandas eleitorais parem de circular as campanhas da coligação “Para Arapiraca Voltar a Crescer”, liderada por Luciano Barbosa. A decisão atende a uma petição apresentada pelo deputado estadual Tarcizo Freire (PP), candidato a prefeito e pela coligação “A mudança que o povo quer”. 

Confira abaixo trechos do documento:

“Com a decisão prolatada pelo E. Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas nos autos nº 0600309- 11.2020.6.02.0000 determinando a exclusão do Sr. José Luciano Barbosa da Silva das urnas, percebe-se a total inviabilidade do exercício de atos de campanha, visto que em assim fazendo, estes atos poderão conduzir a erro o eleitorado em acreditar que será possível votar em indivíduo que nem mesmo constará na urna eletrônica”

“Permitir a continuidade e divulgação dos atos de campanha de ‘candidaturas’ que não reúnem os requisitos inicias e mínimos exigidos pela legislação eleitoral é providência que não se mostra adequada, sobretudo diante da abreviação do período de campanha imposto pela EC de n.º 107/2020 e da lisura e normalidade das eleições”.

Também nesta quinta-feira (11), o TSE  negou o recurso de  “Suspensão de Segurança Eleitoral” apresentado pela defesa de Luciano Barbosa, que contestava a retirada de seu nome das urnas.

Fonte: Cada Minuto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *