Saúde

Pilar pode ser o primeiro município alagoano a adquirir vacina chinesa

Foto: Divulgação
Imagem ilustrativa da vacina Coronavac


Fonte: Novo Extra

O prefeito Renato Filho (PSC) do município de Pilar, região metropolitana de Maceió, encaminhou uma solicitação ao Insituto Butatan demonstrando interesse na vacina Coronavac, desenvolvida em conjunto com a empresa chinesa Sinovac Life Science. Caso aprovada, a cidade pode ser uma das primeiras a adquirir o imunizante.

Renato Filho, que conseguiu se reeleger nas eleições do último domingo (15), afirmou estar disposto a pagar antecipadamente pelas doses da vacina logo que for liberada pela Anvisa para ser usada em grande escala.

Com pouco mais de 35 mil habitantes, a cidade de Pilar registrou 1.452 casos de Covid-19, tendo 27 vítimas fatais.

Resultados da vacina

Segundo estudo publicado esse mês na revista The Lancet, a Coronavac induziu resposta de anticorpos em pacientes saudáveis entre 18 e 59 anos, sendo considerado um imunizante “seguro”. A vacina foi produzida através do vírus SARS-Cov-2 inativo, revelando que o organismo reagia em um período de 28 dias desde a primeira dose, administrando aplicações em intervalos de 14 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *