Turismo

Secretaria de Turismo de Alagoas ganha destaque nacional

Reprodução Internet


Anunciada nessa quarta feira (30) a lista dos 100 Mais Poderosos do Turismo no Brasil, segundo a Panrotas Elo (Maior editora brasileira de turismo e aviação) destaca o secretário Rafael Brito, da SEDETUR (Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo) de Alagoas, entre as 100 figuras mais importantes para o turismo no país.

Pela primeira vez o Estado de Alagoas aparece na lista dos 100 Mais Poderosos da Panrotas Elo, o desempenho do setor de turismo alagoano, que tem uma das mais fortes retomadas no país durante a pandemia, foi decisivo para a inclusão na lista da Panrota Elo, segundo o jornalista Edivaldo Júnior.

Rafael Brito, secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo aparece na lista no segmento “Política”, ao lado do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio e de outros 9 dirigentes públicos do setor no país.

Segundo a Panrotas Elo, o segmento “Política” foi considerado estratégico para a inclusão “já que a pandemia mostrou que a intervenção pública em crises agudas como essa é fundamental”

Nesta sexta feira, a capital alagoana inaugura uma nova linha de voo internacional direto Lisboa-Maceió, depois de dois anos de negociação entre a companhia aérea TAP e o Governo de Alagoas, por meio da Sedetur, feito que destaca ainda mais na mídia o trabalho do secretário.

Segundo Rafael Brito, a nova linha, tem tudo para “abrir as portas da Europa” para transformar o destino Alagoas, o mais procurados do país no momento: “a TAP trará turistas europeus não só de Portugal, mas também de vários outros países da Europa. Temos feito um trabalho para divulgar o destino Alagoas e esperamos que nosso Estado conquiste os europeus, assim como já conquistamos os brasileiros”, aponta.

A lista da Panrota Elo

Segundo os organizadores, “este ano, a edição dos 100 Mais Poderosos do Turismo PANROTAS ELO buscou inspiração em quem fez a diferença durante a pandemia, indicando que se à frente há muitos caminhos a seguir, em uma retomada promissora, e se no passado construímos uma indústria firme e poderosa que enfrenta a crise como poucas, no presente temos…pessoas. Líderes, voluntários, idealistas, pragmáticos, workaholics que literalmente levaram todo o trabalho para casa e mais que tudo pessoas que estenderam e deram as mãos. E que estão prontas para os cenários a seguir.”

Fonte: Blog do Edivaldo Júnior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *