Destaque

Vacinação de idosos a partir dos 85 anos tem início nesta quinta (28)

Repórter Maceió

Maceió receberá 6.800 doses da vacina AstraZeneca/Oxford, que serão utilizadas na imunização contra a Covid-19 dos idosos a partir dos 85 anos. A previsão é que as novas doses da vacina cheguem à Central Municipal de Rede de Frio nesta terça-feira (26) e a vacinação inicie já na quinta-feira (28), com três pontos em diferentes locais da cidade.

As vacinas serão aplicadas, inicialmente, em uma tenda no estacionamento do Shoppings Pátio (Benedito Bentes) e na área de eventos do Maceió Shopping (Mangabeiras). Além destes pontos, será instalado um “drive-thru” no estacionamento do Jaraguá. Os três pontos vão funcionar das 10h às 16h. Para realizar a imunização, os usuários devem levar um documento com foto e CPF.

Vale ressaltar que esses postos são exclusivos para a vacinação dos idosos. Os profissionais de saúde continuarão sendo vacinados em seus locais de trabalho, conforme etapa prevista no Plano Municipal de Imunização e agendamento da Gerência de Imunização da SMS junto à instituição.

Diferente da Coronavac, que possui o intervalo entre doses de 21 dias, a segunda dose da AstraZeneca só deve ser administrada após 12 semanas da primeira aplicação.

Cadastramento para idosos acamados

A partir de amanhã (26), iniciará o cadastramento exclusivo para idosos acamados, a partir dos 85 anos, das 8h às 17h, por meio do telefone 3312-5589.

Para realizar o cadastro é necessário nome completo, idade, data de Nascimento, CPF, endereço completo, ponto de referência, contato e nome do responsável. A vacinação nos domicílios dos idosos acamados iniciará na quinta-feira (28).

Quem não deve se vacinar?

Não devem ser vacinadas pessoas com sintomas gripais ou que tiveram Covid-19 há menos de 30 dias. Também é necessário um intervalo de 14 dias para qualquer vacina que o usuário tenha recebido, como dT [difteria e tétano], Hepatite B, etc.

Pessoas em uso de corticosteroide há mais de 14 dias, em dosagem superior a 20 mg/dia, ou drogas imunossupressoras precisam aguardar o término do tratamento (de 30 a 90 dias a depender da droga) para receber qualquer vacina.

Já os pacientes com doença reumatológica imunomediada ou outras doenças em uso de corticosteroide contínuo diário precisam de avaliação do profissional que o acompanha para autorização da vacinação. Nestes casos, é necessário apresentar a prescrição médica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *